Câmara

Comissão de Agricultura, Abastecimento, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente discute poluição sonora e abandono de carros nesta quinta-feira,01

Por Assessoria da Câmara- Deborah Ramos

Atualizado em 01/03/2018 18:30
Na tarde desta quinta-feira 01, a Comissão de Agricultura, Abastecimento, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente se reuniu na Câmara com os proprietários de carros de som autorizados, a Associação Comercial representada por Ernesto Bonilha, a secretária de Finanças, Patrícia Campos e o diretor do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Luciano Barbarotti para discutirem formas de amenizarem os incômodos provocados pela poluição sonora, falta de limpeza dos terrenos e calçadas, além do problema dos carros abandonados em vias públicas.
O representante da sociedade civil, Daula Silva comentou que em muitos casos o som, principalmente na área central da Cidade, atrapalha reuniões e acaba sendo invasivo. Outro problema abordado por Silva foram os panfletos colocados nos carros, e que em grande parte, vão parar nas ruas, entupindo bueiros e provocando enchentes.
O vereador Alexsander Franson (PMDB) pediu para que a secretária de Finanças apresente um levantamento contendo a relação de carros de som regulamentados atualmente no Município. Franson também sugeriu algumas modificações da lei em vigor com o auxílio dos proprietários dos carros de som presentes, da Associação, dos vereadores e do Executivo.
Melhorar a qualidade do som, tornando-o mais agradável, pode ser uma saída”, reforçou o edil. 
O parlamentar também falou sobre a situação de alguns terrenos, juntamente com a vereadora Débora Marcondes (PSDB) apontaram exemplos, como no caso do bairro Parque Cimentolândia.
Por fim, o presidente da Comissão, Tião do Táxi (PR) questionou o diretor do Demutran sobre como serão resolvidos os problemas dos carros abandonados. Segundo Barbarotti, já existe um projeto em análise pelo Executivo. O texto deverá seguir os moldes da lei municipal que vigora na em São Paulo.
Cabe lembrar que abandonar veículo em vias públicas atrapalha tanto o trânsito de carros e de pedestres, gera acúmulo de lixo e de água e, dependendo do local onde o veículo estiver estacionado, pode interferir em serviços como o de varrição e o de limpeza de bocas de lobo. Também participaram da reunião o vereador Edivaldo Negão (PSD), Jeferson Modesto (PMDB) e o presidente da Casa de Leis, Oziel Pires (PTB).

A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação da Assessoria da Câmara e do autor. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV Câmara de Itapeva e, caso estejam explicitados, os autores.

A falta dessas informações implicará no crime de plágio e direitos autorais em vigor por meio da Lei Federal nº 9.610/98.

Busca de notícias

Notas

Notícias

Proposituras

Procure aqui

Siga-nos